A série sobre o Paraíba

autoria: Tulio Brandão

Abril de 2004 (Rio de Janeiro)

A degradação do Rio Paraíba do Sul e a ameaça de colapso no sistema hídrico fluminense viraram tema de uma série de oito matérias publicadas pelo GLOBO entre 11 e 18 de abril.

Na primeira reportagem, um estudo do Laboratório de Hidrologia da Coppe/UFRJ mostrou o risco iminente de colapso do Paraíba do Sul, agravado pelo menor nível dos reservatórios de cabeceira da história naquele período.

Na seqüência, Gustavo Nunan, do Museu Nacional da UFRJ, apresentou um estudo sobre a deformação de peixes que vivem perto dos sedimentos do Paraíba do Sul, provocada por substâncias como o benzopireno. A terceira reportagem denunciou o despejo de esgoto sem tratamento das tubulações da sede da prefeitura dos três principais municípios do Médio Paraíba.

Na reportagem seguinte, um estudo da Feema mostrou que as águas do reservatório do Funil estão contaminadas com algas tóxicas capazes de matar cobaias. Na quinta matéria, o jornal fez um alerta à extinção do camarão de água doce de São Fidélis e, na penúltima, abordou a polêmica na cobrança pelo uso da água do rio, entre o Ceivap e a Serla.

Para finalizar a série, O GLOBO preparou uma reportagem mostrando os obstáculos vencidos pela água do Paraíba à torneira dos cariocas e mostrou, em números, as deficiências da Cedae.